Inspiração

Conheça o Reino Já Cheguei: Entre agora para um mundo encantado

Gostaria que fosse possível transmitir a emoção de muitos sorrisos através da Internet, pois assim anexaria a esse especial sobre o Reino Já Cheguei. Sorrisos mil ao ver o site e blog do Reino, as fotos do Flickr e a entrevista completa da Rainha Nina.

Cláudia diz em sua entrevista exclusiva ao Garota Criatividade, entre outras coisas incríveis, que “Para desenvolvermos a criatividade enquanto adultos, penso que é necessário deixar falar/trabalhar a criança que há sempre em nós. Devemos ser e fazer perguntas inocentes. Como as que as crianças fazem…”, então, libere a criança em você, torne-se um jacheguines e entre conheça agora um novo Reino:

Bem-Vindo(a) ao Reino Já Cheguei!

Reino Já Cheguei
1.Fale sobre você, como começou a fazer os lindos bonecos que produz e como é sua ligação com as artes manuais / artesanato.

O meu nome é Cláudia no mundo real. No meu Reino sou a Rainha Nina. Tal como a minha personagem neste Reino encantado, sou extremamente organizada, teimosa (gosto mais que digam que sou persistente), determinada e empreendedora. Tenho bom humor (pelo menos eu acho!) Colecciono pequenos mochos em quase todos os materiais por isso tenho um desenhado no meu vestido de apresentação à sociedade. Na minha vida real (não da realeza) sou professora desde 1997. Tenho dois filhotes, também eles personagens do Reino Já Cheguei. O artesanato sempre fez parte da minha vida desde pequenina. O primeiro contacto que tive com a máquina de costura foi às escondidas da minha mãe. Fazia vestidos para a Barbie (e olhem que não era muito fácil vestir uma boneca tão elegante).

Ela só descobriu quando a agulha da máquina apareceu partida… Quando lhe mostrei o que fazia ficou admirada, ensinou-me a aprimorar os acabamentos e a fazer moldes em papel. Tanto ela como a minha avó materna me ensinaram a fazer crochet, bordar …

Na escola dava por mim muitas vezes a fazer desenhos nos cadernos.
Enquanto estava a tirar o curso de professora (matemática e ciências da natureza) pintava quadros, a pintura ajudava-me a abstrair-me do stress. O tempo foi passando e com o nascimento do meu filho mais velho, voltei às costuras. Fiz-lhe uma mantinha em patchwork, um urso, … Nessa altura escrevi um livro infantil: «História e Histórias do Reino Já Cheguei» que foi terminado depois de a minha filha nascer.
Recomecei a fazer bonecas de pano para dar vida às personagens do livro. Acabei por experimentar outras técnicas, mixed media, assemblage, scrapbooking, a fazer altered books, etc. Penso que sei um pouco de cada mas ainda tenho muito para aprender.

2. Como surgiu o Reino Já Cheguei?

Na verdade a criação deste Reino foi sendo gradual… tudo começou com dois DVD’s feitos e editados em casa por mim e pelo meu marido. Um, quando estávamos grávidos do Tiago («Estou a Chegar!») e mais tarde com um outro chamado «Já Cheguei!» que fazem a reportagem da gravidez e dos dois primeiros anos de vida do Tiago. Criei este universo imaginário em histórias que escrevia para futuramente lhe contar. Mais tarde veio a gravidez de uma menina e as histórias ganharam um novo personagem… A princesa Joaninha.

Foi assim que surgiu a marca “Reino Já Cheguei”.

3. Li no seu blog a seguinte frase ‘Só por que as bonecas do Reino Já Cheguei não falam não quer dizer que não te possam ouvir’, penso que encantamento, imaginação e criatividade estão interligados, o que você sugeriria para estimular a criatividade das pessoas?

Quando dou aulas e por exemplo quero desenvolver a imaginação e a criatividade, começo por fazer um desenho como este:

Por que é que as casas têm que ter telhados feitos de linhas rectas? Por que é que as árvores não têm janelas, portas ou chaminés? Por que é que as nuvens não podem ser «encaracoladas»? E o Sol? Não pode ser como uma flor? Qual é a cor que escolheriam para pintar uma árvore? Verde e castanho? Então, vamos pintá-la de azul e amarelo! Na criação de textos tenho também o hábito de pedir aos alunos que adjectivem bem as frases. Por que é que o rei é só velho? Não pode ser baixo, desdentado, risonho, de cabelo ruivo e velho? E porque é que os personagens não entram pelas janelas em vez de entrarem pelas portas? Para desenvolvermos a criatividade enquanto adultos, penso que é necessário deixar falar/trabalhar a criança que há sempre em nós. Devemos ser e fazer perguntas inocentes. Como as que as crianças fazem. Podemos por exemplo mudar a História do Capuchinho Vermelho como eu fiz… Alterei-a para Caracolinho Vermelho. É claro que na minha história não entra um lobo… Na vossa que animal entraria? Que tal introduzir na vossa história um… comboio?!

4. Como é sua metodologia de trabalho? Quanto tempo demora para produzir um produto do Reino Já Cheguei? E como você trabalha para divulgá-los?

Gosto de todas as partes no processo de criação de uma peça. A parte que mais me envolve é a criação dos primeiros moldes, a descoberta de como fazer a boneca, o primeiro esboço. As colagens que vou fazendo no molde original: braços maiores, acessórios… O primeiro exemplar é o que prefiro fazer. Todos os outros depois se tornam uma repetição apesar de continuarem a ser únicos, diferentes e de serem feitos com muito carinho. O que gosto mesmo é de criar e inventar… A divulgação é feita também pelo rei do meu Reino e por outros elementos da família pois é muito difícil conjugar um Reino, o trabalho como professora, a família, … O Reino continua a crescer em grande parte por teimosia (persistência) minha e por ser um sonho que tem vindo a ser concretizado com muito sacrifício pessoal e amor ao longo de quase três anos. Felizmente posso contar com a minha família o que inclui a ajuda dos meus dois filhotes que batizam e ajudam a encher as minhas criações de tecido.

5. Entre todas as suas criações qual você gostou mais de fazer ou tem uma história especial que gostaria de compartilhar com o blog Garota Criatividade?

É tão difícil responder a essa pergunta. Todas as criações têm uma parte muito especial. Umas são-me mais especiais numas alturas do que noutras… Há alturas em que adoro fazer Pigoitas, noutras alturas prefiro fazer Pirralhitus… Gosto essencialmente de mudar de estímulo de vez em quando e de criar coisas novas. Algumas das peças do Reino Já Cheguei foram oferecidas como prendas de baptizado, a crianças hospitalizadas, a bebés há muito desejados, a amigos com mais de 30 anos… enfim… cada peça tem uma história única e lembro-me praticamente de todas estas histórias. Sempre que me fazem uma encomenda ou que me compram uma peça sinto a necessidade de saber quem a vai receber… Afinal vou dar uma das minhas criações para adopção e quero garantir de alguma forma que ficam bem entregues. A melhor prenda que me podem dar é contar-me a reacção do presenteado ou do adoptante, são momentos marcantes para mim. Guardo com carinho todas as fotos dos presenteados com os seus presentes feitos por mim. Todas as fotos que me enviam ficam na Galeria:

Clique para ver a galeria completa
Outra coisa que adoro receber (quem não gosta?) são emails, mensagens, comentários de todo o mundo a dar-me conhecimento de que seguem o meu trabalho e de que GOSTAM! Alguns chegaram já a comprar produtos do Reino: CLIQUE E ENCONTRE AS JOANINHAS.

Aproveito para agradecer publicamente pois é injusto nunca o ter feito, desculpem e MUITO OBRIGADA pelo vosso apoio e incentivo para continuar! Foram MUITO importantes as vossas palavras, também quando estive com a depressão.

6. Envie seus dados para contato, como as pessoas podem ver seu trabalho e comprá-los.

Site / FacebookSite / LivroProduto/Serviço
AutorTwitterSite OficialBlogFlickrEtsyNewsletter
Email
Agradeço imenso a oportunidade dada pela Paty. Espero que o nosso Reino leve ainda mais ideias criativas a todos os que seguem as ideias originais do site Garota Criatividade. O Reino Já Cheguei já ganhou muito com esta troca de experiências e conhecimento.

-•-
Obrigada Cláudia pela oportunidade em adentrarmos em seu Reino 😉 Parabéns pelo seu maravilhoso trabalho e nunca deixe de compartilhar com o mundo todas as coisas lindas que moram dentro de sua mente criativa e abençoada!

E fiquem ligados que em breve publicarei uma dica da Cláudia para aproveitar giz de cera e criar novas e divertidas cores! Até lá!

Te espero também lá na Fanpage do Garota Criatividade, que está totalmente reformulada e acabou de alcançar 10.000 likes! Curtindo, você me ajuda a divulgar o blog e também você terá acesso a muita criatividade por lá também. Já trouxe o botão aqui no post para que possa curtir a fanpage e começar a ser inspirado com conteúdos criativos super legais:


Faça parte também da Trupe da Criatividade ! É gratuita (e sempre será) e você será avisado sempre que o blog for atualizado, além de outras dicas e frases sobre criatividade! Já somos em mais de 700 na trupe e estamos esperando por você!

Beijo e até o próximo post!

Share Button

Selecionei alguns posts relacionados para você



Comente com seu Facebook



3 Comentarios

  • Reply @LPzinho 10/05/2011 at 00:45

    A primeira vez que vi este blog/site fiquei encantado! É demais, demais.. acabei pedindo pra ela add no Facebook, queria sempre poder acompanhar tanta genialidade e fofura!! Mto legal vc fazer um post sobre isso tudo de tão bacana! Entrevista pra lá de boa e bem feitinhaaa! \o/// Show!! Isso sim é INTERNET sendo usada pro bem!! Uhull!!! =] adorei!

  • Reply Cláudia 10/05/2011 at 06:46

    É um prazer poder fazer parte de um projecto que tem muito a ver comigo…
    Obrigada.
    <3 <3 <3
    Cláudia

  • Reply Faça Giz de Cera Personalizado ! « Garota Criatividade 11/05/2011 at 22:43

    […] poder fazer parte de um projecto que tem muito a ver comigo… Obrigada. <3 <3 <3… Cláudia 19 online – 596467 visitas Faça Giz de Cera Personalizado […]

  • Google+
    Top
    Leia o post anterior:
    CriatOVOdade: 50 fotos de criatividade com ovos

    Fechar